jul 17
Compartilhe
FacebookTwitterGoogle PlusLinkedinPrintEmail

A combinação da impotência sexual com a depressão pode ser fatal para o coração. De acordo com um recente estudo da Universidade de Florença, na Itália, a presença de sintomas depressivos em homens que apresentam problemas de ereção constitui um sério fator de risco para um evento cardiovascular agudo, como infarto e derrame.

Avaliando mais de 2 mil pacientes masculinos de uma clínica que trata disfunções sexuais, os pesquisadores descobriram que, entre esses homens, a presença de sintomas depressivos foi associado a uma maior probabilidade de sofrer um evento cardiovascular, independentemente de outros fatores de risco. Além disso, o uso de antidepressivos pareceu não alterar a relação entre os sintomas depressivos graves e os problemas cardiovasculares.

De acordo com a pesquisadora Elisa Bandini, reconhecer os sintomas depressivos em pessoas com disfunção erétil é condição não apenas para melhorar sua vida sexual, mas também para prevenir doenças cardiovasculares. “O que é importante sobre o estudo é o conceito mais amplo do problema sexual, não mais sendo apenas sobre o desempenho do homem no quarto, mas sobre seu estado psicológico e sua saúde cardiovascular”, destacou a pesquisadora. “Essa é uma razão válida para a mulher incentivar seu parceiro a procurar ajuda em caso de disfunção erétil”, concluiu.



Leave a Reply

preload preload preload